Um exemplo de como superar uma crença indesejada

Jerry: Você pode dar um exemplo do que quer dizer com “superar uma crença”?

Abraham: O seu Sistema de Orientação Emocional funciona melhor quando você está irradiando intenções deliberadas e contínuas do que deseja. Digamos que em seu Exercício Criativo você pretendia ter excelente saúde e se visualizou como um ser saudável e vital. Depois do Exercício, você está almoçando com uma amiga que fala insistentemente sobre sua própria doença. Enquanto ela fala sobre a doença, você começa a sentir muito desconforto e perturbação. Nesse momento, seu Sistema de Orientação Emocional está lhe indicando que aquilo que você está ouvindo e em que está pensando – a partir do que sua amiga está falando – não se encontra em harmonia com sua intenção. Você toma então a decisão muito clara de impedir que a doença continue a ser o tema da conversa. Tenta mudar de assunto, mas, como sua amiga está muito excitada e obcecada pelo problema, ela insiste nele. Mais uma vez, os sinos de alarme do seu Sistema de Orientação Emocional começam a tocar.
O motivo pelo qual você está sentindo emoções negativas não é causado apenas pelo fato de sua amiga estar falando sobre um assunto que lhe faz mal. A sua emoção negativa indica que a conversa de sua amiga ativou dentro de você crenças que desafiam seu desejo de bem-estar físico. Não basta se afastar da amiga para mudar essas crenças. É preciso começar a mudar, direcionando- a para uma que esteja mais em harmonia com seu desejo de bem-estar físico.
Sempre que sentir emoções negativas, é útil parar e reconhecer o pensamento que estava presente quando elas vieram à tona. A emoção negativa é preciosa porque está lhe dizendo que aquilo em que você está pensando tem peso pra você e é o oposto do que realmente deseja. Portanto, perguntas como “O que eu estava pensando quando essa emoção negativa veio à tona?” e “O que de fato eu quero em relação a isso?” o ajudarão a perceber se você está, em determinado momento, concentrando em algo diretamente oposto ao que realmente deseja atrair para a sua experiência.
Por exemplo: “Sobre o que eu estava pensando quando essa emoção negativa veio à tona? Eu estava pensando que estamos na época das gripes e me lembrei de que no ano passado minha gripe evoluiu para uma pneumonia e eu tive que ser hospitalizado. O que eu quero de fato? Quero permanecer saudável este ano.”
Mas dizer apenas “Quero permanecer saudável” em geral não basta nessas circustâncias, porque a memória da pneumonia e sua crença sobre a probabilidade de pegar a gripe são muito mais fortes do que seu desejo de permanecer bem.

Tentaríamos superar nossas crenças da seguinte maneira:
*Esta é geralmente a época do ano em que pego uma gripe.
*Não quero pegar uma gripe este ano
*Espero não pegar uma gripe este ano.
*Parece que todo mundo pega gripe.
*Isso talvez seja um exagero. Nem todos ficam gripados.
*Na realiidade, durante muitos anos eu não peguei gripe.
*É bem possível que este ano eu não pegue uma gripe.
*Gosto da idéia de ser saudável.
*Aquela experiência com gripe no ano passado ocorreu antes de eu perceber que posso controlar minha experiência.
*Agora que compreendo o poder dos meus próprios pensamentos as coisas mudaram.
*Agora que compreendo o poder da Lei da Atração, as coisas mudaram.
*Não preciso pegar gripe este ano.
*Não preciso vivenciar nada que não queira.
*Posso direcionar meus pensamentos para coisas que de fato desejo vivenciar.
*Gosto da idéia de direcionar minha vida para coisas que de fato quero vivenciar.

Agora, você superou a crença. Se o pensamento negativo retornar – e talvez continue a fazê-lo por algum tempo -, direcione seus pensamentos mais deliberadamente até que, por fim, ele não voltará mais.

Do livro “A Lei Universal da Atração”, de Esther e Jerry Hicks.

Um comentário sobre “Um exemplo de como superar uma crença indesejada

  1. graziela araujo de carvalho maio 7, 2009 at 4:52 pm

    obrigada obriga e obrigada por ter conhecimento do segredo e por encomtrar o cheque em branco, agradeço desde já a graça alcansada já me sinto comprletamente feliz e rica de tudo enclusive de saúde

Deixe uma resposta

Nome *
E-mail *
Site