UM ADVOGADO DESCOBRE A MÁGICA DOS DÍZIMOS

Expliquei a um advogado amigo meu, que me confiara um de
seus problemas, o significado espiritual dos dízimos. Esse
advogado tinha de ir a Nova Orleans tratar de interesses de um
cliente que lhe dissera que o advogado da Luisiana, com quem se
devia avistar, era uma pessoa desagradável, beligerante,
turbulenta e das menos cooperativas. Sugeri-lhe que utilizasse os
dízimos, isto é, que supusesse que a ação de Deus se faria sentir
na mente e no coração daquele advogado e que seu julgamento e
convicção mentais seriam no sentido de se obter uma solução
divina, harmoniosa, que atendesse a todos os interessados.
Em vista disso, meu amigo advogado, antes da visita a seu
colega, rezou freqüentemente para que, no encontro em Nova
Orleans, reinasse a harmonia, a paz, o amor e a compreensão, o
que realmente veio a acontecer, resultando numa solução legal e
financeira que satisfez a todos.
A ação e a reação são universais e constantes. Seu
pensamento é uma forma de ação e a reação é a resposta do seu
subconsciente condicionada pela natureza do seu pensamento.
O mais importante a considerar é que a idéia espiritual
(dízimo) que se encontra por trás de qualquer entrevista,
transação ou atividade é, na verdade, a sua realidade. Aquele
advogado constatou prontamente a verdade profunda de que tudo
que se faz é condicionado pela suposição feita e pela crença que se
tem em sua realização.

Pense e fique rico

1. Use as leis do pensamento e extraia do infinito de coisas

existentes em seu íntimo tudo aquilo de que necessita para levar

uma vida gloriosa e de sucesso.

2. Você nasceu para ser rico e aqui se encontra para levar uma

vida plena e feliz. Deus deseja que você seja feliz.

3. Há uma lei definida de causa e efeito para tudo. Acredite na

riqueza de Deus e também a desfrutará, sendo aquinhoado na

medida da sua crença.

4. Deus é sempre bem sucedido em todos os Seus

empreendimentos. Você é um daqueles que acredita em Deus e,

portanto, não pode fracassar. Você nasceu para vencer.

5. Todas as riquezas pertencem à mente. É a sua atitude mental

que determina a riqueza ou a pobreza. Pense em riqueza e ela lhe

ocorrerá; pense em pobreza, e pobreza você terá.

6. Há abundância de oportunidades para você. Acompanhe a

corrente da vida e deixe de “nadar contra a maré”. Existe um

número infinito de idéias a extrair do seu subconsciente; uma nova

idéia sua pode valer 50.000 dólares.

7. Um modo magnífico de fazer contato com a infinidade de coisas

existentes em seu íntimo é adquirir o hábito de afirmar: “Deus

provê todas as minhas necessidades”. Coisas maravilhosas lhe

ocorrerão se orar deste modo.

8. A pobreza é uma doença mental. Afirme ousadamente: “As

riquezas de Deus fazem parte da minha vida; há sempre um

provimento divino”.

9. Seu subconsciente, onde se encontram armazenadas todas as

riquezas, respone a seus pensamentos sinceros de forma ignorada

por você.

10. O pensamento é o único poder imaterial e invisível de que se

tem consciência. Seus pensamentos podem, positiva e

definitivamente, produzir o capital de que você necessita.

11. A lei da atração atrai para você tudo aquilo de que necessita,

de acordo com a natureza dos seus pensamentos. Sua condição

social e financeira reflete perfeitamente o seu modo habitual de

pensar. O pensamento governa o mundo.

 

joseph murphy 1001 maneiras de ficar rico