o segredo em 3 etapas

Passo 1: peça

Estabeleça o peso que você quer ter. Visualize sua imagem ao chegar àquele peso ideal. Pegue fotografias suas no seu peso ideal, se as tiver, e olhe sempre para elas. Caso não tenha, consiga fotos do corpo que você gostaria de ter e olhe sempre para elas.
Passo 2: acredite

Você tem de acreditar que irá conseguir, e que o peso ideal já é seu. Você tem de imaginar, fingir, agir como, simular que tem o peso ideal. Você tem de se ver como recebendo o peso ideal.

Escreva seu peso ideal e o coloque sobre o mostrador de sua balança, ou pare de se pesar. Não contradiga o que pediu com pensamentos, palavras e atos. Não compre roupas para o seu peso atual. Tenha fé e se concentre nas roupas que irá comprar. Atrair o peso ideal é como fazer compras pelo catálogo do Universo. Você folheia o catálogo, escolhe o peso ideal, faz a encomenda e ele é entregue a você.

Se habitue a procurar, admirar e internamente elogiar pessoas que tenham seu modelo de corpo perfeito. Procure por elas e, enquanto as estiver admirando e compartilhado aquela sensação, você estará atraindo isso para si. Se vir pessoas acima do peso, não preste atenção nelas; transfira imediatamente sua mente para a imagem de no seu corpo perfeito e o sinta.

Passo 3: receba

Você precisa se sentir bem. Sentir-se bem com Você. Isso é importante, porque você não pode atrair seu peso ideal caso se sinta mal com seu corpo atual. Quando você se sente mal com seu corpo, esse é um sentimento poderoso, que continuará a atrair sensações ruins sobre seu corpo. Você nunca mudará seu corpo se for crítico quanto a ele e procurar defeitos, e acabará atraindo mais peso. Louve e abençoe cada centímetro quadrado de seu corpo. Pense em todas as coisas perfeitas em Você. Quando tem pensamentos perfeitos e se sente bem com Você, você entra na freqüência de seu peso perfeito, e atrai perfeição.

Wallace Wattles em um de seus livros dá uma dica maravilhosa sobre comer. Ele recomenda que ao comer você deve se concentrar inteiramente na experiência de mastigar a comida. Fique atento e experimente a sensação de comer, e não permita que sua mente se distraia com outras coisas. Concentre-se em seu corpo e desfrute a sensação de mastigar a comida e a engolir. Tente isso da próxima vez em que comer. Quando você está inteiramente concentrado na comida, o sabor é intenso e incrível; quando você permite que sua mente devaneie, o sabor praticamente desaparece. Estou convencida de que se comemos com atenção, totalmente concentrados na experiência prazerosa de comer, a comida é assimilada perfeitamente por nossos corpos, e o resultado em nossos corpos só pode ser a perfeição.

O fim da história sobre meu próprio peso é que eu hoje mantenho meu peso ideal de 52 quilos e posso comer de tudo. Portanto, concentre-se no seu peso ideal!

3 passos!

Primeira etapa: Nunca faça uma afirmação negativa sobre o
seu estado financeiro, tal como: “Não posso pagar o aluguel”, “Não
consigo ganhar para as despesas”, “Os negócios vão muito mal”,
“Não posso pagar minhas contas”, etc. Ao lhe ocorrer um
pensamento negativo, substitua-o pela afirmação: “Tenho um
estoque infinito em meu íntimo e todas as minhas necessidades
são satisfeitas instantaneamente” . Pode ser necessário ter de
repeti-la cinqüenta vezes por hora, mas persista que o pensamento
negativo deixará de o preocupar.
Segunda etapa: Adquira o hábito, durante o dia, de
condicionar sua mente às riquezas divinas, afirmando: “Deus está
sempre presente para ajudar-me nas dificuldades” e “Deus é a
fonte instantânea e imediata de meus recursos, proporcionandome
todas as idéias necessárias em todos os momentos e
oportunidades”
Terceira etapa: Ao dormir, todas as noites, repita esta
grande verdade: “Sou grato a Deus por suas riquezas sempre
presentes, imutáveis e eternas”.
Esse homem de negócios seguiu fielmente essa prescrição
espiritual e progrediu extraordinariamente ; mandou
posteriormente emoldurar a seguinte citação bíblica, que mantém
em sua mesa: “O deserto e a terra sedenta se regozijarão; o ermo
exultará e florecerá como o narciso”. (Isaías 35:1).
Recentemente, disse-me ele: “Minha mente era um ermo e
um deserto; nada havia ali a não ser as sementes da ignorância,
do medo e da autodepreciaçã o, além de um sentimento de
inutilidade. Atualmente, estou no caminho da vitória, da realização
e da prosperidade