pensar

Na minha vida pessoal enquanto professora aprendi que para ensinar devo acreditar no que ensino, mas devo sobretudo acreditar naqueles a quem estou ensinando. Coloco-me assim como aprendiz, pois somos iguais, professor e aluno no processo de aprendizado.

E foi durante este período profissional que recebi lições que passaram a nortear e beneficiar minha Vida.

Com as crianças aprendi que não devo “impor” nenhuma regra, pois ao final posso ser aprisionado por ela.

Aprendi que limites devem ser colocados em nossas vidas, pois sem eles não nos será possível nos conhecermos.

Porém estes limites devem vir norteados pela

Lei do Amor e da Liberdade.

É apenas através do exercício de Amar que iremos praticar o desapego, e estabeleceremos limites que não aprisionem ou castrem, possibilitado a mim mesma e a outrem a possibilidade de evoluir em segurança e liberdade ao mesmo tempo.

É somente através do Amor e da Liberdade que poderemos viver sem estarmos aprisionados e constrangidos por princípios impostos e pré-estabelecidos.

E foi com as crianças que aprendi o significado de:

Ame a teu próximo como a ti mesmo, tendo sempre em pauta que teu direito termina quando começa o do teu irmão.

Walkyria Garcia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.